Você sabe o que é Engenharia de Minas? Trata-se do ramo da engenharia que trabalha, basicamente com a extração de minérios. O engenheiro que escolhe a área da mineração atua  com lavra, que é a extração de minérios, prospecção de recurso de minerais, ou seja, a busca de jazidas, minérios, águas minerais e hidrocarbonetos, e beneficiamento, que é a parte de processamento, separação e concentração do material extraído. 

Os principais minérios extraídos da terra são o ferro, alumínio, cobre, estanho, níquel e o cromo. A extração de minérios no Brasil ocorrem principalmente nos estados de Minas Gerais, no Pará, na Serra dos Carajás; e no Mato Grosso do Sul, na região conhecida como Maciço do Urucum.

O ferro é o principal minério exportado no Brasil. Atualmente a produção é de aproximadamente 235 milhões de toneladas por ano, o que faz a exportação desse minério alcançar a 3ª Posição do Ranking dos produtos mais exportados pelo Brasil em 2019

Muito interessante, não é mesmo?Então leia o post até o final e saiba mais sobre o curso EAD de Engenharia de Minas e seu mercado de trabalho.  

O que é Engenharia de Minas? 

Responda se souber: qual o profissional que analisa uma determinada região de terra buscando por minérios como ferro, alumínio e cobre, que possam ser extraídos e vendidos para a construção de praticamente tudo? Quem determina que uma mineradora deve ou não explorar uma mina e quem é responsável por gerenciar todas as máquinas e operações dessa atividade? 

É o engenheiro de minas! A engenharia de minas é um ramo da engenharia que explora e aproveita os recursos oferecidos pelo solo do nosso planeta. Podemos dizer que é a sistematização de uma atividade que é feita há milhões de anos: a mineração. Portanto, veja que minerar é muito mais que encontrar pedras preciosas.

Na profissão de engenheiro de minas, o profissional vai atuar no ramo da pesquisa e extração de recursos minerais oferecidos pela terra. Ele faz as análises para a identificação do solo e da composição das rochas, minérios e combustíveis fósseis. É ele quem irá realizar as pesquisas para identificar as melhores localizações e encontrar as formas de explorá-las.  

Para realizar essas atividades, é necessária a utilização de  tecnologias e das metodologia adquiridas durante a faculdade. O estudo e o uso de ambas é importante para que toda a realização da extração seja feita de maneira segura e eficiente sem prejudicar o minério ou o solo, pois são essas as ferramentas essencial para a criação, desenvolvimento e implantação dos projetos. 

Apesar de ser um ramo pouco conhecido entre os estudantes que pretendem ingressar na faculdade de engenharia, a mineração é uma das profissões mais antigas do Brasil. Quando os portugueses chegaram aqui, os principais minérios explorados eram o ouro, a prata e o cobre. 

Após a sua independência, o Brasil continuou a exportar suas riquezas, mas foi partir do século XX que país se consolidou no mercado internacional de minérios como um dos principais fornecedores de minério do mundo. 

O que se estuda em Engenharia de Minas?

O curso de Engenharia de Minas tem duração média de cinco a seis anos e sua  habilitação é bacharelado. Nos primeiros anos de curso, há uma base característica nas disciplinas de exatas, que engloba matemática, física, e química. A partir do segundo ano, passa a ser mais prática. 

O curso de engenharia de mineração é encontrados em faculdades públicas e privadas, nos formatos presencial ou a distância. As disciplinas principais ministradas durante o curso são definidas pelo Ministério da Educação (MEC)

Entre elas há álgebra, cálculo, física, estatística, mecânica, termodinâmica, eletrônica, desenho para engenharia, computação para engenharia, que são comuns a outros cursos de exatas. Já nas específicas da engenharia de minas, podemos destacar: 

  • Aplicação de Microcomputadores Na Mineração; 
  • Escavação Mecânica;
  • Elementos de Geologia Estrutural;
  • Fundamentos de Mecânica dos Solos;
  • Geologia de Engenharia;
  • Geoprocessamento;
  • Lavra de Minas;
  • Mecânica de Rochas Aplicada à Mineração;
  • Manuseio de Materiais Granulares;
  • Perfuração e Desmonte de Rochas;
  • Pesquisa Mineral - Prospecção Geofísica;
  • Tratamento de Minerais. Moagem e Classificação;
  • Transporte em Mineração;
  • Tratamento de Minerais. 

engenharia minas

Diferença entre engenharia de minas e geologia

Se você está se perguntando qual a diferença entre a graduação de Geologia e a Engenharia de Minas, já adiantamos que a área de atuação de cada profissional é diferente, assim como as disciplinas ministradas durante a faculdade e o tempo de duração do curso.

O geólogo estuda a origem, a formação, a estrutura e a composição da crosta terrestre, enquanto o engenheiro de minas se ocupa com a pesquisa, prospecção, extração e aproveitamento dos recursos minerais, rochas desmonte a explosivo, lavra de minas a céu aberto, lavra de minas subterrâneas. 

As duas profissões trabalham juntas? No ramo da mineração, os dois trabalham em equipe, os profissionais de engenharia de minas e da geologia tem tarefas inter-relacionadas, mas não necessariamente as mesmas funções. 

O que faz um engenheiro de minas?

O engenheiro de minas realiza estudos sobre a viabilidade técnica, econômica e elabora projetos de extração dos minérios. É ele quem define quais serão os equipamentos,  recursos materiais e humanos necessários para o trabalho.

Além disso, ele supervisiona as atividades de produção, perfuração, escavação, desmonte, carregamento, transporte,, lavagem, concentração secagem e embalagem. Após a extração, é o engenheiro quem identifica, separa e direciona os minerais para serem utilizados nas mais diversas indústrias.

Também é função do engenheiro de minas realizar as contratações de equipamentos para a exploração e de mão de obra qualificada. Tudo isso é para garantir a segurança no local de trabalho.  

É o profissional  também quem cria as estratégias para que o meio ambiente não sofra, ou sofra o mínimo de impacto possível durante a extração dos minérios. Assim, o objetivo deve ser o de realizar o trabalho de exploração de minérios com ética e responsabilidade, assegurando a integridade física da equipe, do meio ambiente, e qualidade dos mineiros.

Se você ainda tem dúvidas sobre a importância dessa profissão,  saiba que a lei brasileira obriga que todas as mineradoras tenham pelo menos um engenheiro de minas graduado em seu quadro de profissionais, pois é dever dele acompanhar, realizar e desenvolver essas tarefas.

Agora, se você acha que terá que passar seu tempo em minas subterrâneas, saiba que está enganado. Primeiro porque 90% dos minerais ficam a céu aberto durante sua exploração. Segundo porque a maior parte do trabalho é técnica e gerencial, lidando com a exploração a campo em momentos específicos.

Mas claro, durante o trabalho de campo o engenheiro terá que se submeter a ambientes apertados e barulhentos, além das situações de perigo como os desabamentos. Então, se você gosta de aventuras e é corajoso, terá uma boa dose de adrenalina nos seus dias.

Como é o mercado de trabalho em Engenharia de Minas?

Com o crescimento do setor mineral, o investimento em tecnologia de exploração e as riquezas da terras, o mercado de trabalho para o engenheiro de minas está em ampla expansão no Brasil. 

As principais empregadoras desse ramo são as mineradoras, e também onde estão também os melhores salários. Porém, o engenheiro de minas que optar por  trabalhar também em indústrias de cimento, carvão, petróleo, química e fertilizantes também.

O mercado de trabalho para o engenheiro de minas está intimamente ligado ao mercado internacional. Além disso, algumas empresas de petróleo brasileiras como a Petrobras e a Vale do Rio Doce estão presente e em constante crescimento em outros continentes oferecendo oportunidades de trabalho. Por isso é importante que o engenheiro tenha fluência em mais de uma língua. 

Para atuar na profissão, o engenheiro precisa estar registrado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea). O Crea é responsável por fiscalizar e regulamentar atividades profissionais da engenharia, agronomia e suas ramificações e está presentes em todos os estados da federação. 

Para conseguir o Crea é necessário terminar os estudos, se inscrever no site e pagar uma taxa anual. O engenheiro que deixar de pagar as anuidades terá o registro automaticamente cancelado e não poderá trabalhar na área. O Crea é o maior conselho de fiscalização de exercícios profissional da América Latina. 

Quanto ganha um engenheiro de minas?

O salário médio de um engenheiro de minas no Brasil varia de regiao para regiao, função e segmentos. Como vimos acima, o engenheiro de mineração pode trabalhar em indústrias de Petróleo, Cimento, Carvão, Químicos, Fertilizantes.  É a escolha desses segmentos e o porte da empresa que influenciam no salário. 

Segundo o site de empregos Catho, em empresas de pequeno porte, o engenheiro trainee pode começar recebendo o salário de R$ 4.471,98, engenheiro Júnior R$ 5.589,98, pleno R$ 6.987,47, Sênior R$ 8.734,34 e master R$ 10.917,93. 

Nas empresas de médio porte o engenheiro de minas trainee começa recebendo R$ 5.813,58, Júnior R$ 7.266,97 e Master R$ 14.193,30. E nas empresas de grande porte, o engenheiro Trainee recebe até R$ 7.557,65, o Júnior R$ 9.447,06, o Pleno R$ 11.808,82, o Sênior R$ 14.761,03 e o Master R$ 18.451,29. Ou seja, são salários muito atraentes até para os iniciantes, não é mesmo?

engenharia de minas o que estuda

Por que fazer Engenharia de Minas EAD?

No Brasil a procura por faculdade a distância vem crescendo cada dia mais chegando  a ser até três vezes maior que o modelo convencional. A Faculdade de Engenharia de Minas EAD  é a escolha certa para quem trabalha e quer estudar ao mesmo tempo, pois traz uma metodologia moderna e inteligente de estudo.  

Veja todas as vantagens para fazer faculdade EAD.  

Comodidade

Na faculdade EAD  é o aluno quem escolhe o horário  e onde quer estudar. Os conteúdos de estudo ficam disponíveis nas plataformas, 24 horas por dia, 7 dias por semana e não é necessário cumprir horários fixos para fazer as atividades. 

Na faculdade  de Engenharia de Minas EAD é disponível no modelo semipresencial, ou seja os encontros presenciais acontecem uma vez por mês na faculdade durante o dia inteiro. Durante as aulas presenciais é que os alunos realizam as provas, entregam os  trabalhos, fazem experimentos em laboratórios, tiram dúvidas e entregam o TCC

Economia de dinheiro

Também é um das principais atrativos dessa modalidade de estudo, as mensalidades costumam ser mais acessíveis comparada ao modelo presencial. Além disso o aluno não precisa se deslocar até a faculdade, o que traz economia de transporte, alimentação fora de casa e até mesmo com materiais de estudo, pois boa parte da bibliografia pode ser consultada online. 

Se o aluno já é formado em alguma engenharia e quer se tornar um engenheiro de minas, consegue aproveitar algumas disciplinas, o que deixa o curso ainda mais rápido e econômico. 

Mesmo diploma

O diploma da faculdade de engenharia de minas  EAD tem o mesmo peso que o diploma do curso presencial. As faculdades que oferecem o curso em EAD  passam por avaliações rigorosas de controle do MEC.  

Recursos didático-pedagógicos, grade curricular, titulação dos professores, a infraestrutura física dos polos são alguns dos critérios exigidos pelo MEC para que a faculdade oferece o curso de Engenharia de Mineração em EAD. 

Desenvolvimento de habilidades 

No ensino a distância, o aluno é quem gerencia seu aprendizado e controla o ritmo de estudo desenvolvendo assim sua autodisciplina e autonomia, requisitos importantes para o mercado de trabalho na engenharia.  

Acesso facilitado

Outra vantagem é que as faculdades EAD estão presente na maioria das cidades brasileiras, ou seja se você precisar mudar de cidade ou estado, não vai prejudicar os estudos.

Gostou de saber mais sobre a profissão de engenheiro de minas? A engenharia de minas é voltado para homens e mulheres que gostam de colocar a “mão na massa” e pensam em trabalhar com áreas relacionadas à mineração. 

A profissão de engenheiro de minas vem crescendo cada vez mais no Brasil devido a variedade de tipos de solo e as riquezas do país na produção de minérios. Isso é o que faz a faculdade de engenharia de minas ser uma das mais interessantes e cheias de oportunidades no país. 

Ficou interessado em fazer faculdade de Engenharia de Minas EAD? Então conheça agora mesmo o curso da UNIPAM e comece a estudar ainda esse ano. 

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

New call-to-action
cursos empreendedorismo

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT